Notícias Reflexões Daladier Lima

A magia e a liderança feminina num evento da CPAD!

Quem diria que num evento promovido pela CPAD se uniriam a mágica e a liderança feminina? Vem comigo que eu te conto esta história interessante.

Prezados, 200 leitores, os dias estão complicados para postar. Tempo escorre pela mão, mas vamos lá… Vocês sabem que o ministério pastoral feminino é um tema bastante debatido no blog. Basta ir à caixa de pesquisa para confirmar. Sabem também que a posição oficial da maior denominação brasileira é contrária à ordenação feminina. Elas são enviadas em missões (muitas vezes sozinhas), lideram grandes grupos em nossas igrejas, ensinam, maestram, pregam em congressos para milhares, cantam, mas não podem portar o crachá. Se é que me entendem… Só que não é tanto quanto se alardeia.

Já havíamos falado aqui das pastoras Marlene LeFever e Michelle Antony, assíduas frequentadoras dos eventos da CPAD. Que até vem para os tais eventos descaracterizadas, tiram maquiagem, brincos, etc, talvez para evitar questionamentos. Agora a CPAD irá promover três eventos denominados Seminário Liderança Criativa em alguns locais do Brasil. O primeiro ocorre entre 18 e 19 de agosto na FAECAD.

Fui atrás dos detalhes. Primeiro, porque um dos eventos está programado para Natal/RN, pode ser que eu consiga aliar a fome (o descanso nas paradisíacas praias natalenses) ao prato. Segundo, porque na descrição fala em coach. Apesar de minha formação em Administração a palavra me causa certa urticária, especialmente se aplicada ao contexto da Administração Eclesiástica.

Não há muitos detalhes no site do evento. Lá se diz o seguinte (grifo nosso): “Destinado para profissionais em geral e líderes eclesiásticos tem como objetivo equipar o indivíduo com as ferramentas necessárias para que aconteça uma liberação consciente da sua potencialidade como líder. E ao mesmo tempo estabelecer um fundamento bíblico forte para uma liderança sustentável através de sucessos e crises. Os seminários contarão com uma equipe de palestrantes e coaches com larga experiência internacional em motivar e inspirar pessoas a irem além de suas próprias expectativas. Entre os temas propostos estão: Liderança Personalizada, Liderando para o Sucesso, Visão e Missão de Vida, Inovação Contínua e Gerenciamento de Crise.”

Dentre os palestrantes, somente um conhecido, o pastor Wagner Tadeu dos Santos Gaby, que com seu filho escreveu um livro sobre Administração Eclesiástica, editado pela CPAD. Por sinal um excelente livro na matéria. Tem um tal de Faheem Ebrahim, mas só encontrei duas pessoas com esse nome: um tenista e um mágico. Na dúvida aprofundei a pesquisa e é sim, um cidadão que utiliza a mágica como ferramenta de treinamento para líderes. Gulp! Vamos ver, não custa nada manter a cabeça aberta… Rsrsrs!

Aí dei uma olhada no cartaz. No canto superior direito uma tal de Evergreen Leadership empresta imponência internacional. Fui pesquisar. É uma entidade de liderança baseada nos princípios de uma senhora de nome Kris, que afirma ter décadas de experiência na área (suponho que aqui tenhamos muitas outras mulheres tão qualificadas quanto, Elena Landau, Maria Eduarda Kertész, Márcia Cavallari, Luiza Helena Trajano, Viviane Senna…).

Vamos aguardar para ver se a própria Kris virá ao Brasil para repassar seus valiosos conhecimentos. As mulheres tem muito o que ensinar às lideranças assembleianas. Antes do patrulhamento se manifestar, ressalto: nada contra a empresa, nem contra mulheres na liderança, tudo contra a dissimulação! Pode ser que esse evento seja um divisor de águas. Afinal juntar mágica e liderança feminina não é brincadeira.

Site do evento, site da Evergreen e perfil do mágico, oops!, palestrante. Sim, ele tem uma página no Youtube.

Aqui uma de suas performances na Mischief & Miracles:

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

8 Comentários

  1. Roberto Rocha disse:

    O negocio tá ficando feio! E a “nossa CPAD”(Assim como tb a petrobras é nossa),sempre aprontando das suas! Virou empresa de automotivação,por meio da magia! Queria ver ao Altair Germano entrando em ação,pois da última vez ele conseguiu brecar a palestra de um calvinista!

  2. Gibson Santos disse:

    Existe uma grande parcela de líderes dentro da AD que não possuem os conhecimentos mínimos de gestão, liderança e práticas financeiras que também são necessários ao desempenho pastoral na administração eclesiástica. É por isso que os princípios da boa gestão, liderança e coach podem contribuir na prática do exercício pastoral de nossas lideranças e como inibidor de insucessos nas crises que acometem vários grupos de pessoas em nossa denominação, bem como coibir alguns descalabros que existem por aí. Senhores! Não é apenas culpa da pouca oração o corte de energia elétrica de alguns templos por ausência de falta de pagamento, ou desperdício com copos descartáveis, papéis higiênicos vivem rolando pelos pisos dos banheiros de igrejas (quando estão lá), não deve-se apenas culpar a falta de generosidade dos membros quando temos templos que parecem mais uma Tapera, isto é consequência também da falta de otimização dos recursos sejam eles humanos, físicos ou financeiros. Concordo que não é só estranho a presença do mágico, porém antes de montar uma defesa institucional ou confessional é bom entender que os nossos líderes precisam compreender e aplicar as melhores práticas de uma liderança saudável.

  3. Fabio Barbosa disse:

    Aonde chegamos!!! Vida através da palavra e magia para enganar o individuo,está é a nossa CPAD.

  4. húmus disse:

    Não seria quem sabe um ex-mágico, agora convertido???

  5. Ana Lúcia disse:

    Prezado pastor Deladier, em diversas igrejas evangélicas, agora também nas Assembleia de Deus, estão importando “estratégias” mundanas a fim de atrair os “clientes “. Sim, porque a igreja se perdeu nesse mundo de negócios e a concorrência é grande. O jeito é inovar e “mudar os paradigmas ” porque as necessidades ou perguntas modernas não podem ser atendidas ou respondidas por métodos ou recursos ou teologias antiquados, anacrônicos, superados. Isso foi dito por um pastor da CPAD, escritor conhecido e muito admirado. Aonde vamos parar com tanta criatividade? A Bíblia e a Teologia Ortodoxa já não têm o mesmo crédito e aceitação como no passado.

  6. Walley Costa disse:

    Prefiro aguardar o evento para ver do que realmente se trata.
    Sou a favor de um mínimo preparo eclesiástico para as questões administrativas. Caso o pastor foque somente para as questões espirituais, precisa ter ao seu lado pessoas preparadas e ativas (com autoridade) para lidar com isso.
    É fato que os recursos voluntários dos irmãos, as vezes são mal aplicados e deixa que ajudar muitos missionários por uso errado dos recursos.
    É óbvio que não sou a favor da secularização da igreja. Longe de mim!!!
    Não podemos gastar os recursos doados de forma equivocadas!!!!

  7. Eduardo disse:

    Interessante este evento promovido pela CPAD.

  8. Cada um Deus usa de uma forma mas devemos sempre prezar tudo pela luz da Bíblia. Infelizmente nem todas as igrejas tem uma base sólida pois seus líderes não são bem fundamentados. Oremos e prossigamos em conhecer a palavra para disseminar e mostra o que é o correto .