Browse By

A águia de Prometeu assombra o poder eclesiástico

9 thoughts on “A águia de Prometeu assombra o poder eclesiástico”

  1. Geremias Couto says:

    Só tenho que concordar, lamentar, esperar que haja ouvidos para ouvir e o que foi escrito é uma forma de Deus não deixar indesculpável ninguém que vive esse malsinado círculo.

  2. Carlos Roberto Couto says:

    A metáfora da águia de Prometeu, veio em um momento de suma importância para nossa reflexão. Como sempre aprecio e compartilho seus textos críticos e reflexivos sobre nossa liderança assembleiana. Parabéns amigo! Deus te abençoe! Oremos por nossos líderes e pela nossa denominação, a situação está um caos, pois muitos só querem o poder.

  3. Roberto Rocha says:

    A IURD tem um dono: Edi Macedo. Mundial tem um dono: Valdeniro. A Plenitude tem um dono: Duque. A Internacional da graça tem um dono: RR Soares… e por aí vai! A Assembleia de Deus (que fique bem claro, A ORIGINAL!) Tem um Dono: Deus! E aí daquele que desejar tomar aquilo que pertence a Deus e Ele não a abandonou,como muitos pensam,pois esta igreja custou a morte do seu único filho! Nesta minha curta caminhada já vi muitos sucumbirem por querer tomar posse desta igreja! Conheci um que não queria mudar para outra cidade e que ninguém tiraria ele daquela igreja, um dia foi para uma convenção no RJ e terminou invadindo a contra mão e morrendo debaixo de uma carreta, juntamente com todos que o acompanhava( é ruim viver em companhia de certos donos de Igreja!). Um outro caiu no púlpito da igreja vomitando sangue e nunca mais voltou.Um outro que tb não queria sair, os filhos se envolveram em roubos dos dizimos da igreja, e teve que sair nas carreiras… são tantos os exemplos que não caberia aqui! Ai desses homens que foram ” dados a igreja”, para servi a mesma como estar escrito em Efésios 4:11,12. O interessante que eu não vejo nestes versos, Deus dando a igrejas para estes homens. E depois que foram chamados deixaram a arrogância,a soberba tomar contas do vosso coração, vão todos perecer como o rei Uzias pereceu! Se vc. reúne em uma igreja em que o dono é um homem, sai dela,pq Deus não tem compromisso com esta igreja!

  4. Cristina Souza says:

    Roberto Rocha says, o irmão disse tudo. Dispensa qualquer outro comentário, que Deus seja louvado por ter irmãos como o senhor.

  5. ALEXSANDRO CABRAL says:

    Ótimo texto Pr Daladier, fico chocado que depois de anos de tradição e grandes líderes, temos hoje verdadeiros lobos devoradores dentro do aprisco de Cristo. Concordo com o seu amigo Pastor, que disse: “Deus não vai fazer nada, já entregou essa engrenagem à própria sorte”.
    Pra não falar muito deixo: Ezequiel 34.1-31

    Profecia contra os pastores infiéis de Israel
    1E veio a mim a palavra do Senhor, dizendo: 2Filho do homem, profetiza contra os pastores de Israel; profetiza e dize aos pastores: Assim diz o Senhor Jeová: Ai dos pastores de Israel que se apascentam a si mesmos! Não apascentarão os pastores as ovelhas? 3Comeis a gordura, e vos vestis da lã, e degolais o cevado; mas não apascentais as ovelhas. 4A fraca não fortalecestes, e a doente não curastes, e a quebrada não ligastes, e a desgarrada não tornastes a trazer, e a perdida não buscastes; mas dominais sobre elas com rigor e dureza. 5Assim, se espalharam, por não haver pastor, e ficaram para pasto de todas as feras do campo, porquanto se espalharam. 6As minhas ovelhas andam desgarradas por todos os montes e por todo o alto outeiro; sim, as minhas ovelhas andam espalhadas por toda a face da terra, sem haver quem as procure, nem quem as busque.
    7Portanto, ó pastores, ouvi a palavra do Senhor: 8Vivo eu, diz o Senhor Jeová, visto que as minhas ovelhas foram entregues à rapina e vieram a servir de pasto a todas as feras do campo, por falta de pastor, e os meus pastores não procuram as minhas ovelhas, pois se apascentam a si mesmos e não apascentam as minhas ovelhas, 9portanto, ó pastores, ouvi a palavra do Senhor: 10Assim diz o Senhor Jeová: Eis que eu estou contra os pastores e demandarei as minhas ovelhas da sua mão; e eles deixarão de apascentar as ovelhas e não se apascentarão mais a si mesmos; e livrarei as minhas ovelhas da sua boca, e lhes não servirão mais de pasto.
    11Porque assim diz o Senhor Jeová: Eis que eu, eu mesmo, procurarei as minhas ovelhas e as buscarei. 12Como o pastor busca o seu rebanho, no dia em que está no meio das suas ovelhas dispersas, assim buscarei as minhas ovelhas; e as farei voltar de todos os lugares por onde andam espalhadas no dia de nuvens e de escuridão. 13E as tirarei dos povos, e as farei vir dos diversos países, e as trarei à sua terra, e as apascentarei nos montes de Israel, junto às correntes e em todas as habitações da terra. 14Em bons pastos as apascentarei, e nos altos montes de Israel será a sua malhada; ali, se deitarão numa boa malhada e pastarão em pastos gordos nos montes de Israel. 15Eu apascentarei as minhas ovelhas, e eu as farei repousar, diz o Senhor Jeová. 16A perdida buscarei, e a desgarrada tornarei a trazer, e a quebrada ligarei, e a enferma fortalecerei; mas a gorda e a forte destruirei; apascentá-las-ei com juízo.
    17E, quanto a vós, ó ovelhas minhas, assim diz o Senhor Jeová: Eis que eu julgarei entre gado pequeno e gado pequeno, entre carneiros e bodes. 18Acaso não vos basta pastar o bom pasto, senão que pisais o resto de vossos pastos a vossos pés? E beber as profundas águas, senão que enlameais o resto com os vossos pés? 19E, quanto às minhas ovelhas, elas pastam o que foi pisado com os vossos pés e bebem o que tem sido turvado com os vossos pés.
    20Por isso, o Senhor Jeová assim lhes diz: Eis que eu, eu mesmo, julgarei entre o gado gordo e o gado magro. 21Visto como, com o lado e com o ombro, dais empurrões e, com as vossas pontas, escorneais todas as fracas, até que as espalhais para fora, 22eu livrarei as minhas ovelhas, para que não sirvam mais de rapina, e julgarei entre gado miúdo e gado miúdo. 23E levantarei sobre elas um só pastor, e ele as apascentará; o meu servo Davi é que as há de apascentar; ele lhes servirá de pastor. 24E eu, o Senhor, lhes serei por Deus, e o meu servo Davi será príncipe no meio delas; eu, o Senhor, o disse.
    25E farei com elas um concerto de paz e acabarei com a besta ruim da terra; e habitarão no deserto seguramente e dormirão nos bosques. 26E a elas e aos lugares ao redor do meu outeiro, eu porei por bênção; e farei descer a chuva a seu tempo; chuvas de bênção serão. 27E as árvores do campo darão o seu fruto, e a terra dará a sua novidade, e estarão seguras na sua terra; e saberão que eu sou o Senhor, quando eu quebrar as varas do seu jugo e as livrar da mão dos que se serviam delas. 28E não servirão mais de rapina aos gentios, e a besta-fera da terra nunca mais as comerá; e habitarão seguramente, e ninguém haverá que as espante. 29E lhes levantarei uma plantação de renome, e nunca mais serão consumidas pela fome na terra, nem mais levarão sobre si opróbrio dos gentios. 30Saberão, porém, que eu, o Senhor, seu Deus, estou com elas e que elas são o meu povo, a casa de Israel, diz o Senhor Jeová. 31Vós, pois, ó ovelhas minhas, ovelhas do meu pasto; homens sois, mas eu sou o vosso Deus, diz o Senhor Jeová.

  6. Emília Asevedo says:

    Admiro sua coragem!!!!!!!! excelente!!!!!!!!!!

  7. Daladier Lima says:

    Prezada irmã Emília, é preciso alertar nossa liderança. Lamento ser eu a fazê-lo. Quem diz a verdade nem sempre vive cercado de amigos… como canta o João Alexandre.

    Abração!

  8. Teônia Soares says:

    Texto MARAVILHOSO , verdadeiro. Que DEUS use cada vez mais a coragem como emblema no seu caminhar.

  9. Márcio Menezes de Souza says:

    Bem isso, muitas vezes deixamos o fígado exposto ou expomos os fígados de muitos. Lamentável o caminho em que muitas igrejas e fiéis estão andando.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: