Sem categoria

Carta ao anjo da Igreja no Brasil



Conheço as tuas obras, teus planos e sonhos. Conheço o teu assentar e teu levantar, pois sondo e esquadrinho a tua mente. Eras muito jovem quando te chamei para a minha obra, tua esposa e teus filhos não foram empecilho. Abençoei e multipliquei a tua fazenda e teu patrimônio pessoal, material e espiritual. Tornei-te respeitado entre os maiores, somente a minha mão poderia alcançar tal intento. Mas isto não te bastava, elegeste alguém para um cargo político na tentativa de conseguir mais dinheiro e poder. Sei que o que dizias à igreja era bem diferente disto, mas não me enganas, nem àqueles que andarão de branco comigo. Eles apenas te toleram. Quem defende minha igreja sou eu!

Vejo no teu coração a fome imensa de poder. O mesmo sentimento que derrubou Satã. Ao leres, serás instado a perguntar: Pode isto acontecer à um obreiro de Deus? Lembra-te que naquele dia muitos dirão que em meu nome expulsaram até mesmo o Príncipe das Trevas, mas não poderão entrar em meu Reino. Admoesto-te que escolhas, poder terreno e Inferno, ou meu poder e Céu. Não haverá alternativa. Volta pelo caminho criado por tua estultícia, pois estou a ponto de retirar-te o castiçal. Sem brilho, serás presa fácil dos demônios e das falácias. Eu te repreendo porque te amo e sou o que sara as quebraduras dos teus ossos.

Presencio as dissensões que provocas entre os meus. Como estás atordoado por vãs intenções, não percebes o dano que causas, conquanto recebas o que queres. Há ovelhas em teu rebanho que não foram visitadas há vários anos. Foi para isto que te constitui! Ou para que mais me serviria um pastor, a não ser cuidar de ovelhas? Achando pouco, ainda influencias outrem a seguir tua loucura. Tua insatisfação com o status a que chegaste é notória. Mas teu orgulho te levará à ruína. Há quanto tempo não te quebrantas em minha presença? Vejo quando recomendas humildade, mas teu coração está inchado. Palestras, reuniões de trabalho, grandes congressos, grandes propostas. Tudo muito grande para uma existência pequena.

Os que vencerem a tentação do poder temporal andarão comigo na cidade cuja beleza jamais se contou ao mortal! Quem tem ouvidos para ouvir, que ouça!

Sobre o autor | Website

Insira seu e-mail aqui e receba as atualizações do blog assim que lançadas!

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

1 Comentário

  1. Fala Deus!!kkkk.Muito bom mesmo.