Browse By

A CGADB que temos x A CGADB que precisamos!

6 thoughts on “A CGADB que temos x A CGADB que precisamos!”

  1. Edinaldo says:

    Parabéns pelo artigo pastor! A mais pura verdade, tudo que se apresenta nas páginas da história da CGADB, traduz o total descaso para com o chamado que Deus designou para àqueles que aspiram ao episcopado. Outrossim, como obreiro que sou, percebo que isso até desanima quem sempre sonhou fazer parte de um grupo representativo e amoroso para com as demais pessoas, tanto da igreja como fora dela.

  2. PR. Josafá S. Brandão says:

    Parabenizo o amado colega, pela excelente exposição. É isso mesmo que queremos.
    Acredito verdadeiramente que precisamos compor uma terçeira chapa que contemple todos esses sonhos e projetos, pois os candidatos até agora apresentados jamais farão esses sonhos se tornarem realidades. Tenho muito medo e tristeza se nossa Assembleia de Deus no Brasil, cair nas mãos do PR. Samuel Câmara. Só quem conhece e vive nossa realidade aqui no Pará, é capaz de chorar conosco a vergonhosa perda de identidade que sofremos. Que Deus levante outros homens, que preserve a sã doutrina e pense mais nas almas e menos no dinheiro.

  3. Daladier Lima says:

    Prezado Pr Josafá,

    Também não acredito nas propostas do Pr. Samuel. Triste como chegamos a este ponto.

    Abração!

  4. Abraão Lopes Sampaio says:

    Também parabenizo o nobre pastor pela coragem e pelas intrépida ousadia. Precisamos de homens destemidos e determinados em fazer mudanças. O regime verticalizado precisa acabar. Em um país onde se falam sobre novas políticas, a nossa igreja continua arcaica sob a égide ditatorial de uma clã. Qualquer um que não falar a mesma língua é exacrado. Vamos nos unir e proclamar o fim da verticalização.

  5. Eduardo Lima says:

    Um, está a 30 anos no poder e quer dar continuidade através do filho. Outro, Samuel Câmara, se lograr êxito nessa eleição, irá começar mais um papado, pois por onde passa faz isso, que o diga Amazonas ( onde moro e cuja família Câmara está há décadas no poder) e Pará. Triste perspectiva assembleísma. Oremos!

  6. Miqueas Cipriano says:

    Artigo esclarecedor. Parabéns meu Pastor!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: