Cinco mitos sobre Caim que você precisa esclarecer

  1. Que Caim matou seu irmão na primeira oportunidade. Isto não é verdade. Ele maquinou por um bom tempo. Sendo admoestado pelo Senhor durante isso para que se arrependesse e oferecesse um novo sacrifício, mas ele não mudou de opinião, até que consumou seu mau desígnio;
  2. Que sua oferta não foi aceita porque não era de animais. A oferta de frutas, como a lição acertadamente registrou, era aceita por Deus (Levítico 2:1). O problema é a qualidade desta oferta. Tinha que ser do melhor e das primeiras colheitas. O azeite tinha um teste interessante que li em algum lugar que não lembro agora. Se fumaçasse não servia. Tinha que ter uma chama constante e limpa. Hebreus 11:4 afirma que o que faltou a Caim foi fé. Já João acrescenta a maldade do seu coração, com inveja da justiça de Abel (I João 3:12);
  3. Que sua marca de castigo foi a cor negra. Isto não é verdade por uma razão bem simples: toda raça humana foi destruída no Dilúvio, exceto, oito pessoas (I Pedro 3:20). Ou, então, teríamos de admitir que um de seus filhos era negro;
  4. Caim saiu das proximidades do Éden e habitou em Node, onde casou com uma mulher de uma geração anterior a Adão. Isto não é verdade. Ele, simplesmente, casou com uma de suas irmãs, filhas de Adão e Eva.
  5. Que ele não morreu porque condenado a viver fugitivo e errante para sempre. Esta é uma barbaridade. Em primeiro lugar, por causa do Dilúvio, como dissemos todos morreram ali, exceto oito pessoas. Em segundo lugar, porque o texto de Gênesis 4:12, é uma condenação para o período de vida dele.

E, você, o que acha?

Sobre o autor | Website

Insira seu e-mail aqui e receba as atualizações do blog assim que lançadas!

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

10 Comentários

  1. Elizeu disse:

    Quanto à qualidade da oferta, já ouvi que Caim ofereceu “qualquer coisa”, até já ouvi “frutas podres”! De qualquer forma, a Bíblia nem mostra regulamentação dos sacrifícios antes de Moisés. Prefiro ficar com os motivos descritos em Hebreus e João e só.

  2. Claudio disse:

    Gostei ❕ mas pastor tenho dois questionamentos a fazer❔ 1. Qual fundamentação para caim ter casado com uma irmã dele❔ que marca ou sinal e este que a Bíblia diz❔

  3. Muito bom! Parabéns pelo post nobre amigo! Seus artigos com subsídios para as lições da Escola Dominical são bem didáticos, objetivos, e esclarecedores. Todo professor da EBD que irá abordar a temática do personagem Caim, precisa explicar estes mitos, e instruir os leigos no que tange a um aprendizado mais coerente.

  4. Daladier Lima disse:

    Olha, Claudio,

    Não havia outras mulheres. A ideia que outros filhos tenham nascido no Éden não se sustenta, porque houve a queda e Adão e Eva foram expulsos.
    Não sabemos qual era este sinal.

    Abração!

  5. Patrícia disse:

    Gostei, muito bom!

  6. Fabio Fidelis disse:

    Prezado, parto.
    Presumimos que houve casamento entre estes, é claro. Os proplemas associados com o incesto, citado em Levítico 18, provavelmente ainda não acontecia na época?

  7. Miqueas Cipriano disse:

    Parabéns meu querido Pastor!
    Os pontos aqui abordados, são pontos chaves para o entendimento dessa trama.

  8. Elaine disse:

    PARABÉNS PELO ARTIGO!

    Convido a participar do novo Agregador Blogospel, onde reunimos blogs evangélicos, com os melhores conteúdos gospel e relevantes para o povo de Deus.
    Acesse e conheça: http://semeandojesuscristo.blogspot.com.br
    Junte-se a nós!
    Graça e paz!

  9. Lourival B Oliveira disse:

    Ja ouvi muitas pregações relacionadas as ofertas de anbos.
    Geralmente dizem que a oferta de Abel foi aceita porque deu o seu melhor. e a oferta de Caim foi regeitada porque deu qualquer coisa. Bem sendo Abel criador de animais
    é evidente que sua oferta seria dos seus rebanhos. Enquanto que Caim era lavrador é evidente que sua oferta seria dos frutos da terra. Não há nada de errado com as ofertas Lv.1 fala de ofertas de animais
    Lv.2 fala de ofertas de manjares
    A questão é o ofertante.
    Deus olha primeiro para o ofertante.
    Atentou o senhor para Abel e para a sua oferta.
    Mas para Caim e para a sua oferta não atentou. Deus não ve a oferta primeiramente mas sim o ofertante.
    Muitos estão com o coração distante do senhor e acham que pode suprir essa falta com uma oferta como tentou Saul por exemplo. e porque não dizer de Caim.
    Se não quer se aproximar de Deus com o teu coração.
    Não tente chamar a atenção de Deus com uma oferta isso seria tentar manipular o Eterno.