Círculo de Oração completa 77 anos!

O Círculo de Oração completa hoje 77 anos no Brasil. Infelizmente, além da baixa frequência, poucos conhecem a história deste culto abençoado. Vem comigo!

O Círculo de Oração tem sido um marco na história das Assembleia de Deus no Brasil, o trabalho nasceu em Recife (PE) no dia 06 de março de 1942, por iniciativa da pernambucana Albertina Bezerra Barreto, falecida no dia 14/08/2008, aos 94 anos. Hoje abrange todo o Brasil em várias denominações, e expandiu-se também em outros países como: Argentina, Estados Unidos, Japão, alguns países da África, Venezuela e outros.

A história dessa grande obra veio através da menina Zuleide, filha da irmã Albertina, acometida de uma enfermidade, na época, a qual não andava e nem falava e os médicos especialistas deram-lhe apenas 08 anos de vida. Albertina, mãe da pequena Ledinha, como toda mulher de oração e fé, convidou algumas senhoras de sua congregação para ajudá-la em oração pedindo a Deus pela saúde de sua filha. Marcaram a primeira reunião para o dia 06 de março de 1942, no bairro de Casa Amarela. Sete amigas se prontificaram.

As irmãs não receberam a resposta das orações de imediato, mas uma vez por semana, se reuniam para clamarem ao Senhor, isto das 9h às 16h, até que a criança começou a andar e articular as primeiras palavras. Depois da experiência, a atividade não parou, passou a ser conhecida e a cada semana aumentava o número de pessoas na congregação do bairro Casa Amarela. Irmã Albertina conta que, por muitas vezes, não conseguiam terminar o trabalho, tamanha era a alegria e a presença do Senhor naquele lugar. “As reuniões eram tão alegres que começávamos às sete horas da manhã e terminávamos às cinco da tarde. A gente não tinha vontade de sair de dentro da igreja“, atesta.

Logo foi inaugurado o primeiro Círculo de Oração, tendo como dirigente a irmã Malphara Bezerra e a irmã Albertina Barreto e, aos poucos, o trabalho foi se espalhando pelas cidades pernambucanas e depois pelo Brasil, se tornando um dos principais trabalhos realizados pela Assembleia de Deus.

 

 

A fundadora relembra emocionada as palavras do Senhor falando sobre o seu propósito na primeira reunião: “Era isso que queria que tu fizesses, porque por meio de tua filha realizarei uma grande obra, é tão grande que tu não podes imaginar”. Outra vez falou em profecia: “Essa enfermidade não é para morte, mas para gloria do meu nome, fui eu quem gerou essa criança para que por meio dela fosse criado esse trabalho. ” As profecias se cumpriram, Zuleide cresceu, andou e viveu muitos anos.

Por que o nome “CIRCULO DE ORAÇÃO”?

A fundadora ainda relata que foi colocado por causa de um folheto que havia lido cujo texto explicava que a oração era como um círculo nos céus. “Quando oravam lembrou-se da mensagem e disse: vamos circular os céus com nossas orações”. E essa poderosa obra continua circulando não só no Recife, mas em toda nação brasileira, percorrendo também outras partes do mundo.

A Igreja sabe que pode avançar contra o inimigo, pois conta com uma retaguarda composta por um batalhão de mulheres que, em oração, se preparam para auxiliá-la na peleja contra o mal.

A igreja Evangélica Assembleia de Deus no Brasil, tem uma história de muitos milagres, curas, batismo no Espírito Santo e vidas restauradas pelo clamor e orações de mulheres de fé e homens de Deus que frequentam o Círculo de oração, dobrando os joelhos em favor dos aflitos, da liderança, dos missionários, dos lares e de todos os que confiam que Deus ouve e atende.

A fundadora

Albertina Bezerra Barreto, natural de Pernambuco, aceitou a Jesus aos 13 anos. Crente fiel e dedicada participava do coral e ensinava na Escola Dominical. Casada com Florismundo Barreto Montenegro, teve dois filhos: Zuleide e Josival. Este último reside em Brasília e lhe deu oito netos e quatro bisnetos. Iniciou também o Círculo de Oração em João Pessoa – PB, onde dirigiu 14 anos e incentivou a abertura do trabalho em Natal – RN, Bahia e Belo Horizonte – MG.

 

 

Entre todos os essenciais preceitos divinos estabelecidos para a igreja, um tem se mostrado mais que necessário para uma trajetória de vitória. – A ORAÇÃO. Tanto que o apóstolo Paulo já aconselhava aos Tessalonicenses “Orai sem cessar! (I Ts. 5:17)”.

(Extraído do livro Círculo de oração em festa. Autora Eliude Marques).

Pescado e adaptado do site da Igreja Assembleia de Deus de Hortolândia

Sobre o autor | Website

Insira seu e-mail aqui e receba as atualizações do blog assim que lançadas!

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

2 Comentários

  1. jose roberto da rocha junior disse:

    Assim como o apóstolo Paulo foi criado aos pés de Gamaliel,eu fui criado (no sentido espiritual), aos pés dessas santas mulheres,lembro me que andava varias léguas (é assim que se fala no nordeste),para ouvir os sábios conselhos e pregações da finada irmã Diva, lá no Coité de São miguel dos campos, Lembro me tb da irmã Nair,irmã Aurelina,irmã Vanda,irmã Meire… outras mais, cujos nomes me fugiu da memória. Em nossa igreja tinha círculos de oração a semana toda,em várias congregações! E de fato lá eu via Jesus curar,batizar com Espírito santo,libertar dos demônios e salvar várias almas,eram dias de muita glória! E todos esses trabalhos eram dirigidos por mulheres,e nenhuma precisava ser consagrada à “pastora” para poder fazer a obra de Deus!

  2. Daladier Lima disse:

    Não entendi o final… Por que inserir “pastoras”? Elas estão implicando para ir orar, que eu saiba querem mandar como os… homens!? Mas vou fazer do limão uma limonada com faca de papel. Veja que ironia: Em Atos 6 estava havendo um problema com a distribuição de ajuda social, os apóstolos estavam envolvidos com isso e esquecendo outras coisas. Qual a solução? Elegeram 7 diáconos e informaram: “De agora em diante nos dedicaremos à oração e ao ensino!” Espere! Oração era tarefa ministerial!? Por que hoje foi delegada a elas?