Browse By

Esmiuçando um artigo de outro mestre sobre mulheres pastoras

7 thoughts on “Esmiuçando um artigo de outro mestre sobre mulheres pastoras”

  1. Ana Rejane says:

    Very good!!!

  2. Celita Louback Welsch says:

    A minha igreja, Central Wesleyan in Holland,Michigan, tem na sua página sobre a base bíblica em se ungir pastoras. Numa de milhas viagens missionárias anuais em várias partes do mundo, temos um grupo, do qual meu esposo faz parte, que tem alcançado Guatemala ,e , desde a primeira vez, Deus me separou do grupo, onde construíamos casas para os pobres, e sempre isso ocorre ,para que eu atendesse a muitas oportunidades de pregar em muitas igrejas. Domino o português, espanhol e inglês , e a alegria minha é imensa em todos os dias estudar a Bíblia, separar um texto ou assunto é abrange-lê-o com base na Palavra de Deus. Ler, preparar estudos, sermões,e orar é meu maior prazer. Louvo ao Senhor o dia todo.
    Uma pastora chamada Christy, me convidou em 2012 para sua igreja em Guatemala. Pegamos muita chuva e estava ensopada de água e barro nos pés e pernas. Eu pensei que teria tempo de tomar um banho na Mission House onde ficamos, mas eles , os eles , uns elders da minha igreja, me disseram que o cultuaria começar as 17 horas. Chorei em ver meu estado mas Dean Kapenga, um grande homem de Deus, orouor mim e pediu a todos os participantes do grupo que fosse também na igreja do mesmo jeito que eu estava; todos sujos de lama e molhados.
    Quando eu cheguei na igreja da pastora Christy, o poder que eu sentia me fez tremer e minha voz embargada de lágrimas cheguei diante da igreja e reparei que 95% eram mulheres. O fogo do Espírito caiu sobre aquela grande igreja, e preguei e orei pelos enfermos, o Senhor confirmou em testemunhos , tudo o que fez naquele lugar. Continuamos indo a Guatemala e igrejas cujos pastores nem congregações tinham, e preguei na rua , em tendas, etc. No ano passado pude ver que todos estão com suas igrejas. Os pastores e o povo são gratos a Deus e eu mais ainda por Deus trazer a glória dele sobre as nações .
    No ano de 2014, afastara Christy faleceu na madrugada em que eu iria, à tarde pregar, mas antes de morrer, toda a família sabia que ela me queria lá , e ao chegar, vi uma grande multidão , dentro e fora ( porque o templo ficou pequeno para tantos amigos, familiares e membros), e eu tremia mas preguei , a palavra que Deus me deu e até os versículos a usar.

    Deus usa as mulheres e com total liberdade e com o mesmo poder que dá a qualquer um que se dispõe a pagar preço, sofrer pelo nome do nosso Senhor, que não tem vaidade mas a felicidade de ser um vaso para honra. Não me envergonho do Evangelho de Cristo e procuro apreséntar-me a Deus aprovada, como obreira que não tem de que se envergonhar e que maneja bem a Palavra…
    Jesus nunca disse nada em proibi-las de trabalhar, elas eram ativas e foram as únicas que nunca correram de medo de serem mortas e estiveram presente durante sua morte e ressurreição . Jesus muito mais vezes elogiou a fé de mulheres e o apego delas a Ele. Glórias a Deus por seu amor homens, mulheres e crianças .

  3. Miqueas Cipriano says:

    Muito bom, pena que os proprietários da verdade única e sacra não atentem a uma verdade tão inexorável.

  4. Fabio Fidelis says:

    Paz do Senhor Jesus,
    Pr . Daladier, achei interessante sua colocação a respeito a esse assunto, quero lhe fazer uma pergunta, sabemos que é cem anos de costume como isso será mudado?
    A braça!

  5. Daladier Lima says:

    Prezado, de fato são cem anos. Mas as coisas mudam rápido quando há vontade política.

    Abração!

  6. Fabio Barbosa says:

    A Paz do Senhor!!! É meu nobre amigo se é vontade politica,devemos mudar lá atrais, desfazer tudo que fizemos e iniciar com um novo projeto de adaptação,não sou contra o ministério de mulheres para o ofício pastoral,porém não posso trazer argumentos de “A” e “B” e fazer com pessoas admitem a todo custo. É ministro uma andorinha só não faz verão!! Você sabe!!!

  7. Ana Lúcia Louback says:

    Amado Pastor, tenho sempre admirado essa sua expressão livre da verdade, sem receio de desagradar nossos queridos pastores que defendem outra interpretação dos textos e dos exemplos bíblicos e históricos. Há inúmeros testemunhos históricos do trabalho belíssimos de muitas mulheres dedicadas e zelosas. Triste essa falta de reconhecimento de muitos. Deus há de mudar essa coisa condição. Que Deus o continue usando para defender a verdade com essa sabedoria sem preconceitos ou limitações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: