Fazer o bem salva alguém?

Quando confrontamos as pessoas com a mensagem do Evangelho, dizendo que precisam de salvação, a reação imediata é colocar a bondade como um fator que ameniza qualquer erro. Porque faz o bem e ajuda a quem precisa, há que pense que Deus é tão bom que não irá condenar alguém. Pretendemos demonstrar que é um grande erro.

A Bíblia afirma que todos pecaram (Romanos 3:23), por mais que façamos o bem, vamos sempre ficar aquém daquilo que Deus exige. Esta é a razão pela qual Jesus veio ao mundo. Ele é o homem perfeito, que cumpre as exigências da justiça divina e através dele nós alcançamos salvação (João 14:6).

Se fossemos nos salvar por nossos méritos, bastava convencer os maus a serem como os bons e tudo estaria resolvido. Pense: quantos bons não haviam na Terra, quando Deus enviou Jesus, cerca de dois mil anos atrás, para morrer numa cruz? Certamente, muitos. Então, por que Jesus morreu!? Para ser nosso advogado adiante de Deus (I João 2:1), que olhando para seu sacrifício nos atribui um perdão que não merecemos.

Devemos, então, fazer o mal? De forma alguma! Porém, devemos fazer o bem por sermos salvos, não para sermos salvos. Nicodemos, doutor da Lei, estudioso das Escrituras e religioso, ouviu de Jesus: Necessitas nascer de novo (João 3:3)! Cornélio, homem que dava esmolas e fazia orações, precisou ouvir Pedro para se converter (Atos 10). Não erre, tentando acertar. Salvação só através de Jesus!

Sobre o autor | Website

Insira seu e-mail aqui e receba as atualizações do blog assim que lançadas!

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!