Sem categoria

Nem tudo é o que parece

Este blogueiro não tem muito tempo para estas picuinhas. É coisa mais pra colunista social. Mas a reflexão nós fazemos, é o que nos interessa. Primeiro foi o caso de Raí x Zeca, amplamente divulgado na imprensa. Divulgou-se, também, que a Globo impediu qualquer vinculação de um personagem ao outro. Depois foi Kristen x Rupert. Não se fala em outra coisa nas redes sociais. Pouco me interessa quem ficou com quem, quem ama agora o que aborrecia e estas coisas da imponderável leveza do ser.
Com pouco tempo, vou pontuar:
1) À Globo não interessa a história verdadeira do saradão com o fofinho? Que coisa mais absurda. Eles fantasiam tanto (até com os evangélicos, que o diga o Na Moral, com Pedro Bial), quando acontece de verdade, não apoiam…
2) Kristen em sua trilogia ora fica com um, ora com outro. Quando acontece na realidade, as pessoas pressionam e ela vem a público pedir desculpas? Como na história da samaritana, pasmem!, ela é a que oferece uma versão, enquanto o cara se omite.
3) É uma sociedade hipócrita às avessas, não pelas cobranças morais, mas pelo trato real dos fatos. Aliás, se eles chocam é porque não são comuns, coisas que não acontecem normalmente, a qualquer momento. Por mais que queiram o contrário, os politicamente corretos. É como aquele filho gay, que eles acham bonitinho, na família dos outros…
A nota interessante é a justificativa: 

“Ela não teve um caso com Rupert. Foi uma coisa de momento, não deveria ter acontecido. Ela nunca quis magoar ninguém. Ela é uma boa pessoa que fez a escolha errada”, disse uma fonte ouvida pela revista People.

A menina parece tão à vontade…

Sobre o autor | Website

Insira seu e-mail aqui e receba as atualizações do blog assim que lançadas!

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!