Notícias Daladier Lima

Nova liminar na conturbada eleição para a CGADB cancela 5.207 inscrições!

É… prezados leitores, não demorou muito e outra liminar vem a lume. Desta vez não propugna pela suspensão de candidaturas. Expedida ontem, 23/02, no interior do estado do Amazonas, determina o cancelamento das inscrições irregulares. Para quem não lembra, ou não sabe, foram feitas diversas inscrições com os seguintes problemas:

  1. Uso de IP (assinatura eletrônica na rede mundial de computadores) único para várias inscrições;
  2. Uso de e-mail único para diversos inscritos;
  3. Uso de e-mail inválido ou inexistente, ensejando impossibilidade para receber a senha que virá por e-mail;
  4. Uso de telefones inválidos ou inexistentes, ensejando impossibilidade para receber a senha que virá por SMS;
  5. Inscrição de falecidos;
  6. Inscrição de desligados de convenções participantes da Convenção Geral.

Dentre tantos casos suspeitos, 5.207 inscrições foram, liminarmente, canceladas. Veja abaixo excerto da decisão, cuja cópia está em meu poder, mas não fui autorizado a divulgar em seu pleno conteúdo (grifos meus):

Cancelamento de inscrições com problemas

Relembramos que outras duas liminares, desta feita contra a candidatura do Pr. José Wellington Júnior estão em plena vigência, aguardando eventual recurso, se e quando encaminhado à Justiça. O problema é convencer por argumentos…

Até este 24/02, por exemplo, os inscritos não receberam a senha, seja por e-mail, seja por telefone.

Lamentamos noticiar tais fatos, mas há de se notar que a membresia está apreensiva frente ao absurdo de não podermos ter eleições sobre bases cristãs. Ressalto esta outra parte da sentença. Uma verdadeira paulada da burra de Balaão, a justiça dos homens, falando à Igreja:

Diversas outras liminares abordando outros problemas estão a caminho.

A foto que ilustra este post é de autoria do irmão Elian Soares.

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

9 Comentários

  1. Miqueas Cipriano disse:

    É Senhores, demorou mas enfim se evidenciou…
    Olhares do universo externo posicionados a Empresa CGADB

  2. Fábio Luiz Silva disse:

    Igreja ou Sistema
    Você é Igreja e ou simplesmente faz parte e ou está inserido em um sistema?
    É hora da Igreja tomar posição de Igreja de Cristo.
    Meu Deus é muito comprometimento (e conveniências) por parte de alguns de nosso lideres ao que errado, indecoroso, anti-Ético, etc…
    Falar sobre esse processo eleitoral da CGADB já nos causa “náuseas” e vergonha. Contra fatos não há argumentos, decisão judiciais baseadas em fatos, tem vindo à tona. Fico a me perguntar: Será que sempre foi assim?
    Oh! como éramos inocentes, em décadas passadas quando nossos inesquecíveis lideres viajavam para as convenções da CGADB, irmãos e irmãs da igreja loca se mobilizavam, tiravam de suas economias recursos para ajudar seus lideres, pois era orgulho vê-los embarcando, e ficávamos esperançosos pelo retorno e assim sabermos o que Deus havia feito e ou realizado nessas reuniões.(Coisa que nunca sabíamos).
    Na verdade começo a entender tudo.
    Estou convicto que Deus nem ĺá estava. Deus o dono da igreja, nestes dias de convenção preferia está nos sertões do NE, Deus preocupado com as condições de vida da comunidade visitava os Ribeirinhos da Região Norte.
    Deus, junto com a sua igreja esta visitando e dando alimento aos indigentes que habitam debaixo de pontes dos grande centros.
    Tenho minhas convicções.
    Estou inserido em um contexto, mas não faço parte desse contexto.
    Não tenho nenhum compromisso com o “sistema”.
    SOU IGREJA DE CRISTO.
    Pr. Fábio Luiz.

  3. É muito cômodo dizer ” não faço parte do sistema”.
    Todos, direta ou indiretamente, estamos sim atrelados ao sistema.
    É necessário que cada líder assuma sua responsabilidade, sua parcela de culpa.
    O primeiro passo é identificar nossos erros teológicos: Por exemplo, esse arminianismo totalmente atrelado com o semipelagianismo que insiste em uma liberdade de ação do ser humano que ignora a nossa dependência total do direcionamento soberano de Deus em nossas vidas.
    Nós, que exercemos papel de liderança na Igreja, somos todos responsáveis por todos os fatos noticiados em relação a CGADB.

  4. Daladier Lima disse:

    Nobre,

    Há dez anos este blog reverbera contra os desmandos da CGADB. Claro, minha margem de manobra é curta. O que me foi possível, em todos os forúns, venho fazendo.

    Daladier Lima

  5. Respeito o vosso posicionamento Pr. Daladier e acompanho o seu blog há alguns anos pois me é muito proveitoso.
    Creio todavia que necessitamos de uma maneira pacífica de dirimir conflitos.
    A CGADB necessita de uma Câmara Arbitral a fim de que seus assuntos sejam resolvidos, em caráter definitivo, no âmbito das própria Convenção, sem a intervenção do Poder Judiciário.

  6. SILVIO OTANIEL disse:

    PARECE QUE VALE TUDO PRA Ñ LARGAR O OSSO.

  7. Lazaro souza disse:

    É de arrepiar diante de tantos des mandos, tudo isso só pra se manter no poder,sera que eles (jwj) chavão que irião enganar a todos com essas escrições falsas,em que ate morto iria votar,quantas eleiçoes isso ja não vinha acontecendo, mas DEUS esta nos dando mais uma vez a oportunidade de votar na pessoa certa, e se tem alguem que meresa a oportunidade essa pessoa e o pr Samuel camara, vamos da um voto de confiansa para ele, isso e o mas coerente e justo que podemos fazer

  8. Edwilson disse:

    A paz do Senhor: Em uma pergunta anterior tu já me respondeu que a convenção estadual inscreve ministros e estes pagam-lhe anuidade. Indago-lhe . É só esse o recurso financeiro enviado ou há outros pagamentos por parte estadual?

  9. Daladier Lima disse:

    Prezado,

    Até onde sei só esse. A CPAD envia um percentual do lucro ou do faturamento (não sei ao certo agora) para a CGADB também.

    Abração!