O que não sabemos sobre os indígenas do Brasil?

O que sabemos sobre os indígenas do Brasil? Enquanto projetos missionários são desenvolvidos no Exterior nosso próprio povo carece do Evangelho!

Primeiro que é um universo diversificado e multicultural, com 340 diferentes etnias, falantes de 181 diferentes línguas. Algumas das etnias possuem uma população inferior a cem pessoas e existem pelo menos 27 grupos isolados, etnias que possuem pouco ou nenhum contato com outros indígenas ou não indígenas. Há uma crescente migração urbana — praticamente 50% dos indígenas brasileiros já vivem em áreas urbanas e para estes há acelerada perda da língua materna. Para os que permanecem em ambientes de aldeamento os problemas de saúde, educação e subsistência se intensificam.

O evangelho está em franco crescimento no grupo, sendo que 150 etnias possuem presença de igreja indígena. São dezesseis seminários e cursos com ênfase no preparo indígena. Segundo o Conselho Nacional de Pastores e Líderes Evangélicos Indígenas (CONPLEI), 270 obreiros indígenas passaram por seminários entre 2007 e 2016; 182 etnias possuem presença missionária evangélica, representando mais de trinta agências e quase cem diferentes denominações. A tradução da Bíblia também avança, mas ainda há 69 línguas sem nenhuma porção bíblica traduzida.

O infográfico a seguir, publicado originalmente na revista Ultimato (nº 368), lança luz sobre o pouco conhecido universo indígena do Brasil. Ultimato espera provocar empatia que se traduza em envolvimento por meio de ações concretas.

Boa parte das informações contidas no infográfico foi extraída do banco de dados do Departamento de Assuntos Indígenas da Associação de Missões Transculturais do Brasil (DAI/AMTB). Fontes governamentais e de outras organizações foram consultadas. Ultimato também teve a colaboração do CONPLEI. Confira nossas fontes.

Pescado em Ultimato – Maximize o gráfico para ver melhor os dados nele contidos!

Sobre o autor | Website

Insira seu e-mail aqui e receba as atualizações do blog assim que lançadas!

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!