Perseguição religiosa: a realidade de quem não pode professar sua fé!

Sai mais um ranking da perseguição religiosa no mundo. O documento é um soco no estômago daqueles que vivem debatendo ao redor do umbigo. Pessoas há que enquanto lutamos por poder e representatividade estão sendo presas, humilhadas, perdendo bens, empregos, filhos e dignidade.

A lista da Missão Portas Abertas relaciona 50 países segundo o grau de perseguição que os habitantes cristãos enfrentam. E a atualiza considerando-se os acontecimentos e o ambiente religioso do país ao longo do ano anterior.

Em 2015 os dez países onde os cristãos enfrentaram a maior pressão e violência:

  1. Coreia do Norte
  2. Somália
  3. Iraque
  4. Síria
  5. Afeganistão
  6. Sudão
  7. Irã
  8. Paquistão
  9. Eritreia
  10. Nigéria

Neste ano, dois países ingressaram na lista dos 10 onde há mais perseguição aos cristãos: o Sudão (de 11º para 6º); e a Eritreia (de 12º para 8º). Outra mudança é a entrada de três novos países: México (38º), Turquia (41º) e Azerbaijão (46º). A Coreia do Norte continua sendo o País mais fechado para a pregação do Evangelho.

Precisamos incluir em nossos objetivos de oração cada País aonde Cristo não pode ser pregado livremente. E não esqueçamos da nossa própria janela 10/40, o Sertão brasileiro. É isso, enquanto tem gente preocupada porque seu orgão não cantou três vezes no culto…

Sertão Nordestino

Sertão Nordestino

Sobre o autor | Website

Insira seu e-mail aqui e receba as atualizações do blog assim que lançadas!

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!