Reflexões Daladier Lima

Por que o Diabo continua em alta nas igrejas?

Por que o Diabo continua em alta nas igrejas?

Já vi e ouvi um pregador dizer a seu público: Vamos gritar bem alto para estourar os ouvidos do Diabo! E muita gente atendeu ao pedido. Mas como assim? Para estourar “tímpanos espirituais”? Outro gritou: “Vamos mostrar ao Diabo quem deve ser adorado!” Como? Mostrar a quem? Deus é que deve contemplar a nossa adoração. Não apenas a externa, que tem sua importância, mas a interior, que tem uma importância muito maior.

Já ouvi pregações em que se falou muito mais do Diabo do que de Jesus. O que ele faz ou tinha feito para atrapalhar os crentes, etc. São coisas toscas de se ouvir e somam muito pouco para o reino de Deus.

Infelizmente, é uma prática que continua em alta. Especialmente, quando se atribui ao Inimigo uma ação que é de Deus. Exemplo: Um crente vai ao banco e tenta fazer um saque. Cinco ou sei pessoas estavam à sua frente e tudo deu certo para eles. Mas ao chegar a vez do irmão acabou o dinheiro ou o cartão foi recusado. Ele sai clamando o sangue de Jesus! Pela razão errada. Era um assaltante que estava de olho e Deus deu o livramento.

Uma coisa é estar ciente de sua ação no mundo. Outra é enfatizar tal ação. Uma coisa é perceber seus ardis. Outra, totalmente diferente, lhe atribuir ações que nada tem a ver com ele.

Como o segredo de aborrecer é dizer tudo. Eu já vi muita gente falando do Diabo atuando contra o reino de Deus…

Que tal falar mais de Jesus!?

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!