Sem categoria

Pussy Riot, Yoko Ono, Lady Gaga…


Yoko Ono anunciou nesta sexta-feira (5) os nomes dos ganhadores de seu prêmio pela paz Lennon Ono, que será concedido na terça-feira, em Reikjavik. Dois dos vencedores, Lady Gaga e Pussy Riot, mereceram um comentário para a honraria. “Lady Gaga não é apenas uma artista, também é uma ativista que usa sua arte para melhorar a comunicação no mundo” e “A Pussy Riot está de pé de maneira firme em sua crença na liberdade de expressão. Quero trabalhar para sua imediata libertação”, disse Yoko. Agucei os olhos, Pussy Riot? Aonde li sobre essa prisão?

Ah! Lembrei! Foi na reportagem sobre a prisão das moças que fizeram um show vândalo numa Igreja Ortodoxa. Algo como entrar na Igreja da Sé e desancar o presidente da República num show-protesto. Foram presas por incitação ao ódio e e vandalismo, e pelas leis russas (goste-se delas ou não) condenadas a dois anos de prisão. Tem até reportagens dizendo que foi Putin quem as condenou!?

O prêmio é pela paz. Mas que paz? A paz obliterada dos óculos redondos de Yoko? Que liberdade de expressão é essa que você escolhe os alvos mais indefesos para atacar? Queria ver a Pussy Riot (me recuso a traduzir o nome) bancar um show numa mesquita, corajosas que são!? Se Putin é deplorável, por que não fazer o show em frente ao Kremlin? Escolheram uma igreja e depois de presas posam de vítimas… e ainda há quem as premie por este tipo de coragem?

Essa paz de Yoko Ono é bem parecida com algumas que vejo por aí… eco dos tempos politicamente corretos. Ao menos para o lado de quem é influente na mídia.

Sobre o autor | Website

Insira seu e-mail aqui e receba as atualizações do blog assim que lançadas!

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

1 Comentário

  1. softdesign disse:

    Ótima matéria! A yoko deve ta com a cabeça lá nos anos 70, essa tal liberdade pregada pela japa não passa de ingenuidade e alopração. Ela deve se sentir muito grandiosa pra entregar um prêmio pela paz em nome dela e de John, que foi um músico e homem inteligente, mas que viajava um pouco na maionese, até pra min que sou fã dos beatles.