Browse By

Quando o casamento termina: o amor não existia? E, se existia, acabou?

3 thoughts on “Quando o casamento termina: o amor não existia? E, se existia, acabou?”

  1. Eliseu Antonio Gomes says:

    Olá, Daladier.

    Creio que os casais que desejam terminar a relação matrimonial, têm esta intenção porque se casaram movido por paixão, que é um sentimento forte, porém, não duradouro. A situação é um grande problema, pois o sentimento vai embora, mas as assinaturas no cartório continuam valendo.

    Conheço pessoas que se casaram, passaram por um conflito conjugal e divorciaram-se, porém, tempos depois se arrependeram por querer a separação e efetuar a separação. Algumas conseguiram retomar o matrimônio, outras pessoas não… Aquelas que fizeram a reconciliação, eram pessoas que se casaram e se divorciaram antes da conversão a Cristo.

    Abraço.

  2. Emília Asevedo says:

    Excelente reflexão, Concordo plenamente que em um relacionamento fracassado, encontramos “duas vítimas”, muitas vezes, casaram muito jovens, e não tiveram aconselhamento, apoio, e nem algum bom casal ou casamento para se espelhar, tiveram que errar, sofrer! amadurecer, sofrer! orar, crescer e ter muita força de vontade para continuar juntos e para sobreviver as crises. Deveriam as igrejas, os pastores, abrirem os olhos, para dá apoio, acompanhar e aconselhar melhor e mais de perto, esses casais ou os casais de sua congregação, pois a família estando com saúde, a igreja estará com saúde!!!!!!

  3. Rebeca says:

    Paz de Cristo meu pastor!

    Acredito muito na reconciliação, já vi casais passarem por crises e fazes ruins no relacionamento, que nao amava mais, falta de dinheito e tudo mais, e muitas por traição que é bem difícil de perdoar, e de “coração” se nao for de coração ninguém consegue conviver e viver como se nada tivesse acontecido. Graças a Deus tenho visto de perto que Deus restaura casamentos e família desestruturadas.
    E acredito que essa mudança começa muitas vezes pela ação da mulher, querendo ou não somos mais espirituais, sentimentais e aderimos melhor o valores das coisas da vida.
    Somos a coluna em buscar mais a Deus, somos mais pacientes em esperar as coisas acontecerem na vontande de Deus. Eu sou nova pra falar a respeito de casamento, estou em bodas de papel ainda,rsrsrrss. Mas peço muito a bênção e a graça de Deus pra que eu não viva isso no meu casamento. Que Deus abençoe o Sr que tem sido explempo de um homem de Deus para nós.

    Paz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: