Estudos Reflexões Daladier Lima

Quem pagou a dívida para sermos uma nova criatura?

Quem pagou a dívida para sermos uma nova criatura?

Colossenses 2:14, inicia com uma frase enigmática: “Havendo riscado a cédula que era contra nós nas suas ordenanças, a qual de alguma maneira nos era contrária, e a tirou do meio de nós, cravando-a na cruz”. É um versículo complicado, do tipo que bem poucos se debruçam sobre ele.

Cédula? Que era isso? Nos era contrária? De que forma? Muita gente passa adiante. Valho-me do grego. A cédula era o cheirógrafon, uma nota escrita à mão, (cheira em grego é mão) que representava nossa dívida. Impagável, estabelecida através dos nossos pecados, nada havia que pudéssemos fazer a respeito. Éramos ficha suja!

Cheirógrafon

Aí Paulo escreve que Cristo, em sua cruz, tirou a tal cédula do meio de nós e cravou-a no madeiro. Um gesto que representa a frase: “Eu pago!” Não é fantástico? Ele tirou nossa culpa e pagou nossa dívida!

Nos tempos antigos existiam os barracões, ao redor dos quais gravitavam as pequenas fazendas e sítios. As pessoas faziam as compras e acertavam para pagar no final do mês. Um prego era fixado muitas vezes e à medida que os débitos eram feitos, eram afixados ali. É daí de onde vem o famoso: “Deixa no prego…”. Naquele tempo as cobranças não eram nada amigáveis. Cristo rasgou nossa dívida, parecida com aquele papel pendurado denunciando nossa impotência, e cravou na cruz!

Como tudo na Bíblia tem uma medida mais elevada, neste mesmo texto há uma outra palavra grega: Exaleiphô, é o verbo utilizado para riscar. Só que há duas palavras gregas para riscar, a outra é chiazô, e consiste em escreveu um X, que é o equivalente em português do chi grego. Para todos os fins, à semelhança dos nossos dias, o papel estava riscado. Porém há um problema: dá pra ver o que está escrito atrás.

exaleifô

Com exaleiphô a coisa era diferente. Era equivalente ao processo de apagar um pergaminho gasto pelo tempo. Usava-se uma pedra porosa, dessas que se usava antigamente para limar os calcanhares, e se lixava o couro. Depois se escrevia outro ou o mesmo texto. Cristo não apenas riscou, como está em algumas traduções, ele apagou nossa lista de pecados!

É por isso que quem está em Cristo tem uma nova vida pela frente. Dívida paga, pecados apagados. Nova vida, nova história!

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

1 Comentário

  1. Eduardo Juvenal disse:

    Bendize minha alma ao Senhor….. O laço quebrou e nós escapamos. Deus seja louvado por tão grande salvação!!!!!