Browse By

E se Eduardo Cunha tivesse sido discipulado?

2 thoughts on “E se Eduardo Cunha tivesse sido discipulado?”

  1. Elizeu Barros says:

    Excelente texto do discípulo Josué Campanhã. Esse é o principal objetivo do cristão nesse mundo. Não é o ativismo contra bandeiras, não é o poder temporal, não é o reconhecimento. “Fazer discípulos” não foi uma ordem dada apenas aos líderes, mas a todo aquele que se diz seguidor de Cristo.

  2. MARCOS SANTOS QUEIROZ says:

    Muito oportuno o artigo do pastor Josué Campanhã, porque nos leva a refletir sobre o nosso papel como cristãos e líderes. Nosso cristianismo deve ser pautado por palavras e atitudes que refletem a mudança operada em nós por Cristo. É tempo de arrependimento, de pedirmos perdão ao nosso Deus e de com ajuda Dele buscarmos um viver cristão, digno de seguidores de Cristo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: