Sem renúncia ninguém verá a Deus!

Em Mateus 10:38 Jesus fez uma dura advertência: E quem não toma a sua cruz e segue após mim, não é digno de mim. A versão edulcorada de Jesus, disseminada em nossos dias, levou um tombo. Como assim, toma uma cruz? Seguir após mim? É que muitos querem as benção de Jesus, querem ser seu amigo, cantar músicas que falem dele, mas não querem renunciar. E sem renúncia, ninguém pode seguir Jesus.

Houve pessoas aos montes que encontraram Jesus, ouviram suas palavras, viram milagres sendo operados por suas mãos, reconheceram sua liderança, mas deram de ombros ao convite do Mestre. Hoje segue sendo assim. As pessoas visitam a Igreja, se identificam com liturgia, leem a Bíblia, até oram, mas são incapazes de renunciar aos prazeres do mundo. Não rompem o elo que os liga ao velho homem. Notemos que se o bebê não tiver seu cordão umbilical rompido ele não pode viver por conta própria.

Vícios, bebedeiras, práticas pecaminosas e tudo aquilo que nos unia ao mundo devem ser rompidos se queremos seguir ao Mestre. É uma verdadeira entrega. Isso não quer dizer que devemos sair do nosso antigo emprego, acabar antigas amizades ou até mesmo o casamento. Significa que se essas amizades não nos levam para perto de Deus, devemos evitá-las. Agradar a Cristo é a nossa prioridade maior.

Noutra ocasião Jesus advertiu: Não podeis servir a dois senhores (Mateus 6:24). Ou você ama a Deus e faz sua vontade ou ama ao mundo e faz a vontade da carne. Não existe meio termo.

Renuncie! A alternativa é viver gostando de Deus à distância. Pela eternidade afora…

Sobre o autor | Website

Insira seu e-mail aqui e receba as atualizações do blog assim que lançadas!

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!