Subsídio para a 9ª Lição da EBD – Não adulterarás – 01/03/2015

Como parte do subsídio para a 9ª Lição da EBD, listamos algumas das agressões do adultério:

  1. Agride a confiança do cônjuge – Mesmo havendo um perdão, nunca mais haverá confiança. O relacionamento sexual fica à mercê de DSTs, por exemplo. “Ame sua esposa como ao seu próprio corpo. Quem ama sua esposa a si mesmo se ama” (Efésios 5:28).
  2. Agride a confiança da família – Eles já não saberão quando seu pai/mãe está dizendo a verdade. Se, por exemplo, quando ele diz que está trabalhando, realmente está. Se diz que alguém é amigo, não sabe se é amante.
  3. Agride as finanças da família – A renda fica comprometida. Itens como motel, cinema, presentes tem agora que concorrer com o sustento básico cotidiano. Se no relacionamento extraconjugal nascer um filho, a Justiça obrigará o repasse da pensão alimentícia. Se o cônjuge contrair uma DST, o orçamento minguará um pouco [ou muito!] mais.
  4. Agride a confiança da Igreja – A dissimulação, o tempo, a atenção fica dividida. O relacionamento com Deus fica em segundo plano. O choro se instala na família, repercutindo entre os irmãos. Ocupando um cargo, será uma nódoa de fraqueza por anos a fio.
  5. Agride a auto-confiança – Poucas pessoas conseguem se perdoar. Boa parte vai lutar contra preconceitos e ser vítima da consciência. Não haverá mais moral para impor respeito e aconselhar outra pessoa em dificuldade. “O que adultera com uma mulher está fora de si; só mesmo quem quer arruinar-se é que pratica tal coisa” (Provérbios 6:32).
  6. Agride a saúde – Não raro o sexo fora do casamento é inseguro. Quer seja pela quantidade de parceiros, pela oportunidade, pela demonstração de atração ou pela ignorância do risco.

Adultério na Bíblia

É notável que o adultério tenha sido equiparado a terríveis pecados em ao menos duas listas: “Ou não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não vos enganeis: nem impuros, nem idólatras, nem adúlteros, nem efeminados, nem sodomitas, nem ladrões, nem avarentos, nem bêbados, nem maldizentes, nem roubadores herdarão o reino de Deus.” (1 Coríntios 6:9-10) e “Quanto, porém, aos covardes, aos incrédulos, os abomináveis, aos assassinos, aos impuros, aos feiticeiros, aos idólatras e a todos os mentirosos, a parte que lhes cabe será no lago que arde com fogo e enxofre, a saber, a segunda morte.” (Apocalipse 21:8). De fato, é um pecado de grande repercussão social. Paulo diz que aquele que comete adultério peca contra seu próprio corpo (I Coríntios 6:18).

Adultério e poligamia

É necessário distinguir adultério de poligamia. Poligamia é quando alguém tem mais de uma esposa, comportamento comum nos tempos bíblicos e ainda hoje nos países árabes, entre outros. O adultério é o relacionamento extra conjugal, quando alguém trai a esposa. Também devemos associá-lo a certas práticas comuns na sociedade hoje em dia como incesto (relacionamento entre pais e filhos), troca de casais, mesmo com consentimento (lembre não são cônjuges), fornicação (relações sexuais ilícitas em geral) e pedofilia (sexo entre adultos e crianças).

Adultério virtual

Entende-se por adultério virtual o relacionamento no qual há simulação de sexo, sem toque entre os parceiros. Tanto incluem-se aqui a insinuação sexual telefônica quanto pela internet. Há inúmeros sites especializados em disponibilizar fotos e vídeos, boa parte deles com interação remota, que permitem simular uma relação sexual. É adultério do mesmo jeito. Jesus deixou muito claro isto: Eu, porém, vos digo, que qualquer que atentar numa mulher para a cobiçar, já em seu coração cometeu adultério com ela (Mateus 5:28). Sem contar que cresce tal tipo de adultério porque é feito sem medo, às escondidas e de modo facilitado pela difusão da tecnologia.

Na Consciência Cristã deste ano assistimos a uma palestra sobre pornografia on-line e conhecemos uma câmera 3D, como esta abaixo, que poderá projetar cenários sexuais e personagens, visando o sexo virtual. Segundo Josh McDowell, o palestrante, os produtores de conteúdo sexual estão em polvorosa, pelas possibilidades apresentadas pelo equipamento.

Sem título

Mas já há outros lançamentos mais sofisticados ainda. Já existem máquinas de projeção de personagens em três dimensões. Que poderiam fazer o download de qualquer mulher que alguém desejasse não na tela, mas no quarto, na sala ou qualquer outro lugar, conforme o desejo desta pessoa. Ainda são caríssimas, mas o mercado do sexo está atento a todas as oportunidades que a tecnologia pode oferecer.

Por último, cumpre notar que o adultério não é crime em nossas leis. Mas nem tudo que é legal é lícito. Não é ilegal no Brasil fumar, beber e outras coisas condenadas na Bíblia. Que é nosso manual de fé. se queremos viver para agradar a Deus, cumpramos o pede o apóstolo Paulo em I Tessalonicenses 4:4: Que cada um de vós saiba possuir o seu vaso em santificação e honra!

Sobre o autor | Website

Insira seu e-mail aqui e receba as atualizações do blog assim que lançadas!

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

1 Comentário

  1. Hildebrando da Silva nascimento disse:

    Parabéns Pastor Daladier pelo comentário bastante claro e profundo. Deus continue lhe usando na Palavra de Deus.