Browse By

Sobre a despersonalização da missão

3 thoughts on “Sobre a despersonalização da missão”

  1. Geremias Couto says:

    Conheci Elizabeth Vêncio no IBAD. Foi minha professora. Com ela aprendi o método Laubach de alfabetização. Sempre foi envolvida com o Reino e dedicada ao trabalho linguistico para levar a Palavra de Deus aos indígenas. A descrição de como se deu a sua passagem confere. O que dói no profundo da alma é ler uma comunicação táo fria, tão desumana, tão sem espiritualidade, tão sem visão de Reino, tão covarde, tão rasteira etc., etc., como essa dada pela liderança de uma igreja: “Missionária, não podemos mais lhe enviar seu sustento mensal. O dinheiro da igreja só pode ser aplicado na obra e, como você não está mais no campo, temos de dirigi-lo a outro missionário que seja produtivo no reino”. Que vergonha! Não é um caso isolado! Há muitos líderes desumanos, desavergonhados, covardes etc., etc, por aí.

  2. Eduardo Juvenal says:

    Histórias lamentáveis e vergonhosas como esta, se repetem por todo o país. Conheço obreiros que dedicaram toda sua vida para o crescimento do Evangelho, e depois de velhos e doentes são esquecidos, abandonados, completamente sem assistência.

  3. Claudio says:

    Agora gastar milhares ou milhões em construção de mega templos ou em projetos estapafúrdios pode ⁉ viver um padrão de sustentação pessoal pode ⁉ bancar grandes eventos sem finalidade pode ⁉ se fosse os filhos ou familiares permitiriam passar essa escassez ⁉ o bom disso tudo e que está registrado nos céus as nossas ações e que Deus não esqueci ‼

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: